O poder de ser fisicamente ativo đŸƒđŸ»â€â™‚ïž na prevenção e tratamento do cĂąncer

A pråtica de atividade física ou de exercício físico tem sido cada vez mais reconhecida como uma importante estratégia na prevenção e tratamento do cùncer.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO DO CÂNCER

Equipe OncoAtive

3/4/20232 min read

Paciente com cĂąncer fazendo exercĂ­cio fĂ­sico
Paciente com cĂąncer fazendo exercĂ­cio fĂ­sico

A pråtica de atividade física ou de exercício físico tem sido cada vez mais reconhecida como uma importante estratégia na prevenção e tratamento do cùncer. Um estudo publicado no JAMA Intern Med mostrou que a atividade física estå associada a uma redução significativa no risco de diversos tipos de cùncer, incluindo cùncer de mama, pulmão e cólon. (Moore et al., 2016).

BenefĂ­cios de ser fisicamente ativo

De acordo com Hayes et al. (2019), a atividade fĂ­sica tambĂ©m pode ter um impacto positivo na qualidade de vida dos pacientes com cĂąncer. O exercĂ­cio pode ajudar a melhorar a capacidade funcional dos pacientes, aumentar a tolerĂąncia ao tratamento e reduzir a fadiga e outros efeitos colaterais comuns do tratamento do cĂąncer. AlĂ©m disso, o exercĂ­cio pode ajudar a reduzir o risco de recorrĂȘncia do cĂąncer e melhorar a sobrevida em pacientes que jĂĄ foram tratados.

Prescrição personalizada

No entanto, Ă© importante destacar que o tipo, a frequĂȘncia e a intensidade da atividade fĂ­sica devem ser personalizados de acordo com as necessidades e condiçÔes de cada paciente. Conforme a posição da Exercise and Sports Science Australia (ESSA) (Hayes et al., 2019), a prescrição de exercĂ­cios deve levar em consideração a fase do tratamento do cĂąncer, o tipo de cĂąncer e as condiçÔes clĂ­nicas do paciente. Por isso, Ă© fundamental que os pacientes com cĂąncer recebam orientação e acompanhamento de profissionais capacitados, como fisiologistas do exercĂ­cio e fisioterapeutas, para garantir que a atividade fĂ­sica seja realizada de forma segura e eficaz.

Em resumo

Ser fisicamente ativo pode ser uma estratégia valiosa na prevenção e tratamento do cùncer, trazendo benefícios significativos para a qualidade de vida dos pacientes. No entanto, a prescrição do exercício físico deve ser personalizada e acompanhada por profissionais capacitados para garantir que seja segura e eficaz. (McTiernan et al., 2019).

ReferĂȘncias:

Hayes SC, Newton RU, Spence RR, GalvĂŁo DA. The Exercise and Sports Science Australia position statement: Exercise medicine in cancer management. J Sci Med Sport. 2019;22(11):1175-1199. doi:10.1016/j.jsams.2019.05.003.

McTiernan A, Friedenreich CM, Katzmarzyk PT, et al. Physical Activity in Cancer Prevention and Survival: A Systematic Review. Med Sci Sports Exerc. 2019;51(6):1252-1261. doi:10.1249/MSS.0000000000001937.

Moore SC, Lee IM, Weiderpass E, et al. Association of Leisure-Time Physical Activity With Risk of 26 Types of Cancer in 1.44 Million Adults. JAMA Intern Med. 2016;176(6):816-825. doi:10.1001/jamainternmed.2016.1548.